quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Os ventos estão levando a gosto...

e arrastando o que está seco e se desprendeu...
os ventos estão levando a gosto tudo o que foi e se perdeu...
levem os ventos agosto, com gosto de renovar
levem agosto, sem prazos, sem pressa, tem tempo...

é tempo de setembro chegar.

sábado, 27 de agosto de 2011

...

Somos corpos sem pele
Dias roubados
Lamentos e dores
Somos busca
Eternamente fugazes
Somos copo derramado
Vida tomada
O próprio fórceps
Mas somos
E ser é o que há
Reverso ou verso
E amamos
E quando simultâneos
Plenos
Aborrecidos
Felizmente humanos.

sábado, 6 de agosto de 2011

o (meu) amor

O amor acalma, sereniza.
Prevalece.
O amor ensina, apazigua.
Fortalece.
O amor muda meu dia.
Enobrece.
Afasta as sombras da noite.
Esclarece.
Renova a vontade de vida.
Acontece.
O meu amor é assim.
tece, enternece e estremece.

Amigos reais em meio virtual: