quarta-feira, 24 de junho de 2009

Sempre (h)a poesia...

[é tão bom ter alguém por perto, pra vc se sentir completo...]


A poesia se faz presente
na ausência
[que de repente se preenche]
e no vazio
[que chega de repente]

A poesia se faz presente
no amor
[que anoitece]
e na dor
[que amanhece]

A poesia se faz presente
na manhã
[em que brilha o encontro]
e na noite
[escura e fria do abandono]

A poesia se faz presente
no livre
e no decassílabo
no altar
e no prostíbulo
na academia
e no bar
aqui e acolá

A poesia se faz presente
hoje
[...e amanhã também]
equilibrando
o eterno
[vai-e-vém...]
[vai-e-vém...]
[vai-e-vém...]

Amigos reais em meio virtual: