quinta-feira, 28 de maio de 2009

Da necessidade do abraço...

"Há momentos na vida em que sentimos
tanto a falta de alguém
que o que mais queremos
é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la."
[ Clarice Lispector ]

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Lendo-me em Clarice Lispector

"Ah, milhares de pessoas não têm coragem
de pelo menos prolongar-se um pouco mais
nessa coisa desconhecida que é sentir-se
e preferem a mediocridade."


"Mas o que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesma."

"Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome."



Esses fragmentos são imagens do livro Aprendendo a viver da ed. Rocco. Eles me remetem à coisas em que acredito muito: ¹é preciso sentir-se em profundidade pra deixar de ser medíocre, e esta viagem ao interior de si mesma é ainda mais perigosa do que viver, entendo os que preferem a mediocridade, mas não consigo mais fazer essa opção, só me interessa uma vida plena e nada menos que isso... ²é péssimo se entregar e desistir de si mesma; começada a aventura, é preciso continuar, é necessário navegar, é mister percorrer todo o caminho e arcar com tudo que vier, inteira.... ³ e o que desejo é desconhecido até para mim, sei agora o que não quero e isso me dá pistas do que espero, não é apenas "liberdade" é algo mais que não tem nome, mas que vou construir e, formada a matéria, nomearei depois.... Ah, querida Clarice... suas palavras me calam ao coração não só como estímulo para continuar buscando ser-Yani, mas porque me remetem a um profundo contato com essa identidade feminina, que sofre, sonha e espera. Espero muito conseguir essa plenitude... por mim e por você...

Yani

sábado, 16 de maio de 2009

Sobretudo...

vestida casaca
de falsos conceitos
coberta de tudo
despida de jeito
sem rumo sem dono
sem nada no peito
me sinto um fake
de sobretudo
sobre o nada
q em mim impera
sobre o caos
sobre o amor
sobre tudo
que já era

(by Yani - em contrução)

sábado, 9 de maio de 2009

Zezé

As vezes, menina
Outras, mulher
é mãe, é filha
e tudo que quiser

mulher forte de fibra
da dor é amiga
mas luta com fé
exemplo de vida
é ela, mulher

descubro o amor
e ao seu lado me faço
sou filha, sou mãe
desenho e traço
amor de menina
no seu terno abraço

terça-feira, 5 de maio de 2009

(A) MAR

Deixar-me ser o que eu sou,
o que sempre fui,
um rio que vai fluindo.
E o meu destino é seguir...
seguir para o mar.
O mar onde tudo recomeça...
Onde tudo se refaz...
(by Mário Quintana)



Esse é do ano passado (não sei a data) mas resolvi postar...

Encontrar minha natureza de rio
fluir naturalmente por entre
as encostas e as árvores
chegar ao mar
dissolver-me no mar
tornar-me mar
retornar
(a)mar

(by Yani)

sábado, 2 de maio de 2009

Do querer...

Quero o som e o silêncio,
o passado e o futuro,
o antes e o depois,
o mar e o ar...

quero ir e vir,
ficar e partir,
quero o tudo e o nada,
topar a parada
de ser plena
sem medida,
transfigurada de vida
repleta de ser...

(by Yani)

Amigos reais em meio virtual: